SINTA-SE AVONTADE...


NOSSO CANTINHO POÉTICO...

ENTRE E PERCORRA TODO JARDIM, SINTA AS FRAGÂNCIAS DO AMOR, ...HUM! ENCANTE-SE, SONHE, SONHE... O AMOR É DOM É DÁDIVA O AMOR É VIDA. AME-SE E SE DEIXE AMAR...

sábado, 24 de agosto de 2013

CHEGOU A HORA...



 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Chegou A Hora...

Não vou deixar para manhã
Hoje eu quero dizer “Te Amo”
Quero hoje explodir de amor
A manhã talvez eu me cale
Amanhã pode haver desencontros
Hoje quero te encontra
E dizer a você eu te Amo
Simples assim Eu te Amo
Quantas vezes em sonhos
Percorri caminhos
Indo ao teu encontro e...
Em abraços, beijos e carinhos.
Declarei Eu amo Você!
Hoje agora é o meu limite
O meu amor não quer esperar
O meu amor não é botão...É flor
O amor desabrochou aqui dentro
Hoje você vai me ouvir dizer
Eu te Amo meu amor!
Hoje vou te encantar com um sorriso
Hoje nada tem importância só você
O meu amor é teu eu sou tua
Eu te Amo... Não quero calar
Não quero deixar para depois
Hoje é definitivo, chegou a hora
já tenho todas as palavras
Ensaiadas, decoradas, encenadas...
Para dizer-te do meu amor
Para recomeçar a viver pelo teu amor
Para saberes que és amado
A manhã pode ser tarde...
Há muito quero te dizer...
EU TE AMO!


Marta Lucena

Maria Flor do Sertão



























Maria Flor do Sertão

Sou Maria bonita do meu sertão
morena de Maria flor que brota
nos torrões de corações ingratos
de amores escancarados, escondidos
vividos no sertão do meu nordeste.

Sou Maria flor de bugarí
Faceira, brejeira, delicada
formosa feito lua cheia
de curvas que o vento viaja
morena como a noite enluarada
bem querer de desejos desejada.

Maria flor do campo sou
flor de Maria perfumada
flor do mato essência da terra
Maria de todas lendas,
flor mais bela, natureza
cheirosa como açucena
linda, morena emplumada.

Sou Maira flor morena que enlouquece
bela flor de olhos que incendeiam
cantada em versos de poemas e poesias
pele viçosa, de pétalas macia
canto de mãe d’água encantada
Estou há espera do amor confesso
há espera de amar e ser amada.


"Linda Maria Flor, morena do sertão do nordeste."


Marta Lucena

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

APENAS AMO




Apenas Amo
 Sou teu anjo tua guarida
Teu cobertor em noite fria
Sou a semente que semeia
Tua alma, feitiço de amor
Te pego pela mão menino
Levo-te para ver o pôr do sol
Teu olhar perdido no infinito
Olho teu semblante, lindo!
Nossas mãos entrelaçam...
O anoitecer logo chegará
Amo te amar.
 
Marta Lucena