SINTA-SE AVONTADE...


NOSSO CANTINHO POÉTICO...

ENTRE E PERCORRA TODO JARDIM, SINTA AS FRAGÂNCIAS DO AMOR, ...HUM! ENCANTE-SE, SONHE, SONHE... O AMOR É DOM É DÁDIVA O AMOR É VIDA. AME-SE E SE DEIXE AMAR...

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

A ESPERA DO AMOR




Ah! o amanhã quem virá ...
A esperança
Tomou posse do meu vazio
O amanhã está...
Há espera
Do que hoje sou
Hoje o é meu presente,
Amanhã passado
Não lembrado
Escritos não deixei
A memória não registrou
Na lembrança busco
Não esquecer
Medo do amanhã
Sem passado
Sem história
Amanhã é futuro,
Utopia,
Quimera,
Fantasia,
Na sombra do tempo
Minha agonia
No caminho do tempo
As marcas deixadas
Tenho pressa de chegar
Pelo o amanhã espero...
...espero o amor.   
Ah! A manhã
O amor virá! 
Sem amor
Não existe amanhã...

Marta Lucena     



GRITO DE SOCORRO




GRITO DE SOCORRO

Tempo devolva minha alegria
a juventude foi embora
que faço eu, me angustio...
eu não sou mais eu,
não me reconheço
pura vaidade,
me sinto sem rumo
sem direção para onde devo ir
o ontem foi ontem,
e o hoje...
hoje me descobri outra pessoa
hoje é minha realidade
que faço eu do amanhã,
o amanhã...
será que vale a pena o amanhã
o amanhã está inerte dentro de mim
tenho medo,
o espelho não me seduz
o espelho é meu inimigo,
estranho...
o que retrata me assusta,
dói
não o necessito mas,
é supérfluo
quero alguém que não me veja
apenas me sinta,
não me olhe...
quero alguém que veja minha alma
quero alguém que me ame
até a morte anunciar o fim...

Marta Lucena


terça-feira, 25 de setembro de 2012

ENAMORADOS


Na areia repousamos nossos corpos

A brisa nos acaricia você me protege
Sinto o teu abraço,
Carinhoso,
Forte,
Esse é o nosso sonho de amor,
Sonhado,
Desejos explodem,
Corações se amam
A lua no céu desponta,
Linda enamorada
Você me diz apaixonadamente,
Amor... Eu Te Amo.


Marta Lucena


NOVO DIA, AMANHECEU...



Novo Dia, Amanheceu...

Amanheceu
Ali na minha frente
O sol desponta
Esplendido
Horizonte de pensamentos
A brisa acariciar-me
Cheiro de terra
Aromas fortes
Amor devaneios
Vividos, sentidos
Pensamentos livres
As flores abrem-se
Em sorrisos
Festa, alegria
Esperança
Pássaros cantam
Agradeço...

A vida recomeça
Fênix
Silenciosamente
Me desperta
Um bailar
De encontros
Desencontros
O sonho continua
A manheceu
Novo dia
Envolvo-me
De poesia.

O amor
Ilumina-me
Inunda-me
Faço-me poeta
A vida inspira-me
O segredo?
Não tem segredo
Hoje é um dia lindo
Natureza! Viril
Vibra, grita
Ainda está longe
O fim...                                                                                                        

Marta Lucena
 Set/2012